Você sabe o que é DUE DILIGENCE IMOBILIÁRIA e para que serve?

A Due Diligence Imobiliária nada mais é que um método utilizado para dar segurança a realização de transações imobiliárias, sejam elas a compra e imóvel, ou a participação em algum negócio imobiliário, seja através de participação em uma SCP (Sociedade em Conta de Participação) ou SPE (sociedade de Propósito Especifico).

A Due Diligence busca mapear, numa transação de compra e venda de um terreno ou imóvel, os riscos, identificar as vulnerabilidades/riscos e oferecer segurança necessária para realização do negócio.

A Due Diligence, como o próprio nome sugere, busca a diligência nas transações, permitindo uma visão ampla da real situação que envolve a negociação, assumindo, ser for o caso, riscos calculados e conscientes.

Na Due Diligence são realizadas investigação de documentos, busca em banco de dados relativas às pessoas envolvidas (vendedores atuais e antigos ou empresas), analisa processos judiciais envolvendo as partes, bem como a idoneidade financeira.

Além de uma análise detalhada das pessoas envolvidas, ainda é realizada um estudo do imóvel, através da análise da matrícula do imóvel, estendendo a análise aos antigos proprietários, se houver.

 Após essa auditoria, é elaborado um relatório para o cliente no qual será sinalizado todos os pontos relevantes que devem ser observados ou analisados para se firmar o negócio.

Munido de todas essas informações é possível ao solicitante da Due Diligence tomar uma decisão segura e assertiva, protegendo assim o seu patrimônio.

Portanto, busque auxílio, antes e/ou durante a sua transação imobiliária, de um profissional capacitado. O papel do profissional é garantir com base nas informações fornecidas a segurança jurídica por meio da advocacia preventiva. Prevenindo, assim, anos de litigio judicial, decorrentes de problemas que poderiam ter sido antecipados.

JULIANA CLÁUDIA FAGUNDES

OAB/SC 57.480

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×